Meu Nome É Daniel

  • Documentário

Daniel Gonçalves não sabia andar até os seis anos. Leva um tempo exasperante para fazer uma omelete, como ele demonstra. Quando depois de várias tentativas ele ainda não consegue acender o gás, rindo, ele sai do seu papel e grita: “Corta!” Neste documentário pessoal, Daniel explora precisamente o que é que está errado com ele. Sua deficiência física é óbvia, mas os médicos nunca conseguiram fornecer um diagnóstico. Ao passar por uma série de exames, ele traça uma imagem de sua vida hoje e relembra seu passado, auxiliado por uma vasta coleção de vídeos em VHS, para os quais às vezes fornece comentários para explicar o contexto.
Nós o vemos crescendo em uma família próxima, com uma mãe amorosa que constantemente se equilibra entre protegê-lo e dar-lhe espaço. Foi uma abordagem que o ajudou a fazer grandes conquistas. Por fim, o cineasta levanta uma questão interessante: que história ele teria contado se não fosse um homem heterossexual branco de um dos bairros mais ricos do Rio de Janeiro?

Prêmios e Festivais

– Festival do Rio 2018 – Menção Honrosa de Direção de Documentário

– Olhar de Cinema – Curitiba IFF 2018

– Mostra Internacional de Cinema de São Paulo de 2018

– IDFA 2018

Créditos

Direção

Daniel Gonçalves

Produção

Daniel Gonçalves
Roberto Berliner
Rodrigo Letier

Produção Executiva

Paulo Macedo
Fabrício Mota
Ricardo Resende Valle
Leo Ribeiro
Sabrina Garcia
Vitor Leite

Direção de Fotografia

Paulo Macedo

Montagem

Vinicius Nascimento